28 junho 2013

Seguindo recomendação do MP Currais Novos ficará sem Policia de transito a partir de segunda-feira

Essa notícia veio de Eduardo Dantas que as Cidades de Caicó e Currais Novos ficam sem Policia de transito a partir de segunda-feira

A partir da próxima segunda-feira as duas maiores cidades do Seridó, sendo elas; Caicó e Currais Novos, que juntas tem hoje uma população superior a Cem Mil Habitantes e uma frota de veículos que, segundo o DETRAN, chega a 44 mil veículos, ficarão sem a presença por completo da Policia Rodoviária Estadual em seus perímetros urbanos. 

Seguindo recomendação do Ministério Público do RN assinada pelo Promotor Wendell Beetoven Ribeiro Agra, a Policia Rodoviária Estadual estará a partir da próxima segunda-feira se dedicando ao patrulhamento nas Rodovias Estaduais do RN e parando de atuar em ocorrências de pequenas colisões e controle de trânsito dentro das cidades.

O objetivo, segundo o promotor, é para que o CPRE dê mais atenção ao patrulhamento das rodovias estaduais. Na opinião de Wendell Beetoven, a maioria das rodovias estaduais está sem patrulhamento, enquanto que o CPRE atua em um serviço que deveria ser feito pelas secretarias municipais de trânsito de cada cidade, no caso específico, atuação dos chamados Amarelinhos em Caicó e Currais Novos.

Com essa recomendação do Ministério Público, o Comando do 3º Distrito de Policia Rodoviária Estadual com atuação em Caicó e Currais Novos, recebeu ordens do Comando Geral da PM/RN e do CPRE, determinando que as guarnições passem a atuar somente nas rodovias e não mais façam o trabalho de controle de transito e registro de pequenos acidentes em Caicó e Currais Novos.

O trabalho que era feito pelos Policiais de transito organizando as principais ruas e avenidas do centro de Caicó e Currais Novos ficarão sem ninguém para fazer este trabalho o que pode acarretar em sérios problemas principalmente em dias de grande movimentação. 

Em Caicó e Currais Novos o 3º DPRE só irá atender ocorrência de acidentes de transito em que houverem vitimas com lesões graves, ao contrário disso o fato não poderá ser registrado em Boletim de Ocorrência de transito, pelo menos até que o transito seja municipalizado e sejam implantados os chamados amarelinhos que são agentes de transito municipais.

Eduardo Dantas

COMENTÁRIO: O Tenente explicou no programa da FM 95 que, o policiamento de transito não sairá das ruas, ou seja, pelo entendimento do mesmo a policia não atenderá ocorrências de trânsito que são consideradas pequenas colisões. Ele ainda orientou que em caso de acidentes de pequeno porte as pessoas poderão está tirando fotografias e conseguindo testemunhas e procurar a delegacia civil.

Ele ainda falou que tudo depende do entendimento do seu Comandante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário